Poema III

Adão

Por Luiz c Leite

Muita confusão se fez em mim

Quando a luz interna se apagou

Vi com desespero o começo do meu fim

Não senti o chão debaixo de mim…

Num silêncio surdo a nuvem negra me envolveu

Algo dentro em mim se espatifou

Ensimesmado e mudo vi meu mundo desabar

Movido por uma vergonha imensa me escondi…

Provei pela primeira vez

O gosto de sal de uma lágrima

Meu corpo se estremeceu

Ao ouvir a voz que me chamava no jardim…

Adão onde estás?

3 comentários sobre “Poema III

  1. Muito bom!!! gostei dele mesmo cantado ou declamado!!!

  2. O que dizer-te senão,Parabéns pelo que nos propociona em seu blog!!!
    Não tive tempo ainda de ler tudo,mas sei agora onde encontrar uma boa leitura.abraços.

  3. Obrigado sandra. Quando tiver tempo leia mais e fique a vontade pra comentar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s