Poema III

Adão

Por Luiz c Leite

Muita confusão se fez em mim

Quando a luz interna se apagou

Vi com desespero o começo do meu fim

Não senti o chão debaixo de mim…

Num silêncio surdo a nuvem negra me envolveu

Algo dentro em mim se espatifou

Ensimesmado e mudo vi meu mundo desabar

Movido por uma vergonha imensa me escondi…

Provei pela primeira vez

O gosto de sal de uma lágrima

Meu corpo se estremeceu

Ao ouvir a voz que me chamava no jardim…

Adão onde estás?

Anúncios

3 comentários sobre “Poema III

  1. Sandra disse:

    O que dizer-te senão,Parabéns pelo que nos propociona em seu blog!!!
    Não tive tempo ainda de ler tudo,mas sei agora onde encontrar uma boa leitura.abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s