Estórias I


Auditório Vazio

Um palestrante entrou num auditório para proferir uma palestra e, com surpresa, deu com o auditório vazio. Só havia um homem sentado na primeira fila. Desconcertado, o palestrante perguntou ao homem se devia ou não dar a palestra só para ele. O homem respondeu:

– Sou um homem simples, não entendo dessas coisas. Mas se eu entrasse num galinheiro e encontrasse apenas uma galinha para alimentar, eu alimentaria essa única galinha.

O palestrante entendeu a mensagem e deu a palestra inteira, conforme havia preparado. Quando terminou, perguntou ao homem: – Então, gostou da palestra?

O homem respondeu: – Como eu lhe disse, sou um homem simples, não entendo dessas coisas… Mas se eu entrasse num galinheiro e só tivesse uma única galinha, eu não daria o saco de milho inteiro para ela.

Uma das tarefas mais importantes na nossa vida profissional é saber mudar os planos, quando a situação muda. O cliente sempre quer trabalhar com empresas que têm estratégia. Todos têm um plano, mas nem todos sabem o que fazer quando ele não dá certo.

**************************************************


 

Pontos de Vista

Uma vez uma companhia enviou um vendedor de sapatos a uma cidade na África aonde ele nunca tinha vendido.
Ele era um dos vendedores mais antigos e experientes, e esperavam grandes resultados.
Logo após sua chegada à África, o vendedor escreveu para a companhia dizendo:
– É melhor vocês me chamarem de volta. Aqui ninguém usa sapatos.
Foi chamado de volta.
A companhia decidiu então enviar um outro vendedor que não possuía muita experiência, mas era dotado de grande entusiasmo.
A companhia achava que ele seria capaz de vender alguns pares de sapatos.
Pouco depois de sua chegada ele enviou um telegrama urgente para a firma dizendo:
– Por favor, enviem todos os sapatos disponíveis. Aqui ninguém usa sapatos!

**************************************************

Uma Fábula

Há muito tempo, havia um rei poderoso que desfrutava uma vida protegida e prazerosa dentro das paredes de seu castelo.
Um dia, ele decidiu se aventurar por seu reino para ver o que poderia experimentar e aprender. Logo ele se deparou com um monge e, num tom usual que impunha obediência, ele disse :

– Monge, ensina-me sobre o céu e o inferno!

O monge olhou para o poderoso rei e, numa voz irritada, disse:
– Não posso ensinar-lhe sobre o céu e o inferno. Você é limitado demais. Você não passa de um preguiçoso. Os ensi­namentos que eu tenho são para pessoas puras e santas. Você não chega nem perto disso. Saia do meu caminho!

O rei ficou furioso. Ele estava atordoado com a ousadia do monge por falar-lhe daquela maneira. Num impulso de raiva, ele puxou sua espada para cortar a cabeça do monge.

– Isso é o inferno, disse o monge confiantemente.

O rei ficou impressionado.
Ele percebeu que aquele monge corajoso havia arriscado sua vida para ensinar-lhe esta lição sobre o inferno. Numa profunda gratidão e humildade, o rei colocou sua espada de lado e se curvou em reverência ao monge.

– E isso é o céu – disse o monge suavemente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s