Planejamento

planejamento

Por Luiz Leite

O ano novo está logo ali! Estamos todos empolgados. Vamos começar mais um giro em torno do sol. Cantaremos, beberemos, dançaremos, celebrando o novo, mas, será que não continuaremos apenas repetindo o que já vinhamos fazendo? O que faremos? Como faremos? Para onde iremos? O que desejamos? Ah! Desejamos muitas coisas… Bom, podemos desejar muitas coisas, mas nada acontecerá se ficarmos apenas no desejo, certo?

Estou no momento no aeroporto de Brasília esperando meu próximo vôo. Todos os dias milhares de aviões decolam dos nossos aeroportos, milhões de carros tomam as estradas… Nenhum deles parte sem uma intenção e uma direção clara. Todos têm um plano. Dos tantos barcos que içam âncoras dos nossos portos a cada dia, todos sabem exatamente o que querem, onde desejam chegar. Seria inútil e até perigoso sair por aí sem um plano… Pois é exatamente assim que muitos milhões vão levando a vida.

Onde você quer ir? Onde deseja estar? O que intenciona alcançar ao longo e ao final da jornada de mais um ano (planejamento de curto prazo)? Na vida uma boa intenção é importante, mas não é suficiente. Estar bem intencionado apenas não basta! É imperativo que se esteja bem direcionado. Estamos prestes a embarcar em uma longa jornada. Serão muitos milhões de quilômetros, viajando a uma espantosa velocidade de cerca de 110 mil quilômetros por hora… Pois bem, qual a finalidade? Você tem um plano?

Algumas pessoas tem crenças limitantes acerca da importância de planejar. Para tais pessoas planejar causa desconforto. Julgam que com isso estariam de algum modo ferindo a soberania de Deus! Nada mais equivocado do que esta noção. Esta espiritualidade pouco refletida tem engessado milhões e milhões de pessoas em uma mentalidade não só triste como também pobre.

O  planejamento faz parte da natureza de seres inteligentes. Dotado com a capacidade de pensar, o homem afronta a Deus quando não faz uso de sua inteligência e, pior, usa a religião para justificar sua preguiça, sua indolência. Se Deus não quisesse que planejássemos, não nos teria feito inteligentes. Então vamos lá! Deixe de insultar o Criador, faça uso da benção da inteligência e planeje seus, dias, semanas, meses… Bem intencionado e bem direcionado, munido de um bom plano, o ano que inicia terá tudo para ser um sucesso! Feliz 2017!