Homem Atarantado

Por Luiz Leite

O indivíduo atarantado é uma pessoa fora do prumo, confusa, estonteada… 

Jesus deu uma orientação incrivelmente simples e absolutamente poderosa para o homem atarantado lidar com suas ansiedades e constantes sobressaltos: Oração e contemplação. Quanto à oração, instrui: “Não useis de vãs repetições como fazem os pagãos… Direis assim: PAI…    Quanto à contemplação, orienta: “Não andeis ansiosos por coisa alguma; Olhai os lírios nos campos… as aves no céu…”

A orientação, entretanto, envolve uma decisão por demais complicada para o homem atarantado: ficar só. Olhar os lírios no campo exige que o homem atarantado saia de casa pois os lírios estão no campo, e isto ele não consegue! O homem atarantado é uma criatura atormentada que não suporta sua própria companhia! Lamentavelmente carente, não consegue ficar em silêncio, não consegue ficar a sós, não lida bem com as pressões e fantasmas internos.

Para lidar com a agitação que o açoita prefere o caminho mais caro e mais fácil, em uma palavra, o ansiolítico “rivotril”. A indústria farmacêutica não capitalizaria tranquilamente sobre suas inquietações se tomasse a firme resolução de incorporar a oração e a contemplação ao seu estilo de vida. Ambas tem custo zero e são incomparavelmente mais eficazes. Dispensaria o consultório se tão somente seguisse a orientação de “subir a montanha regularmente para avistar-se com Eli.” (vide fábula dos xulingos)

O homem atarantado esbarra em um problema quase incontornável quando o assunto é afastar-se para um lugar ermo para o exercício da oração e contemplação. Tanto uma quanto outra exige o enfrentamento da solidão, coisa essa que a criatura aturdida não consegue encarar. Vai assim adoecida e adoecendo, em passo apressado e estressado, seguindo um curso patético que o conduzirá à exaustão certa.

E aí, o que voce prefere? Qual será a sua escolha? O campo, com oração e contemplação, ou o rivotril? Uma visita a “Eli” ou uma visita ao consultório do psiquiatra???

Anúncios

8 comentários sobre “Homem Atarantado

  1. Ana disse:

    Ser um sujeito atarantado é o mal do século. Com a sobrecarga de informações, pressoes, etc e etc que somos bombardeados, não é muito dificil se tornar confuso.
    Mas graças a Deus que me auto-avaliei por meio deste texto e percebi que não preciso com certeza de rivotril nem de psiquiatras (só para amizade mesmo rs)
    Saudades! O senhor vem em setembro?

    Ana / IVC-SP

  2. luiz leite disse:

    Pois é Alvaro, esse é o quadro triste do homem desses tempos adoecidos… Vamos correr para o campo!

  3. adriana barbosa disse:

    È a mais pura verdade,muitas vezes nos pegamos atarentados,na verdade não sei porque corremos tanto.!..Se è DEUS que nos conduz…Realmente temos que parar…Para observar nós mesmos.
    Gosto demais de entrar no seu blog para refletir sobre.
    Irei para o campo.
    Adriana Barbosa IVC / SP

  4. Rosängela Maria disse:

    Ser casa de oração… 24 horas no campo seja fazendo o que for…eis o segredo…
    Esse Leite… É isso, amado… é isso..

  5. Sueli Cunha disse:

    Gostei da visita a “Eli”… Certamente! Passar algumas horas diárias com Ele resolveria todos os nossos conflitos de alma… Somente um espírito tranquilo contempla! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s