Teologia Conflitante

Os Cinco Pontos Do Calvinismo

Por Luiz Leite

Os chamados Cinco Pontos do Calvinismo, contrariamente ao que sugere a fórmula, nada tem a ver, em termos, com João Calvino (1509-1564). O documento foi publicado cerca de 50 anos após a morte de Calvino. Não foi elaborado, tampouco, como julgam alguns, com o intuito de sintetizar a fé reformada, mas para providenciar resposta aos discípulos de Jacob Hermann (Arminius) que haviam lançado um documento denominado os Cinco Pontos do Arminianismo e intentavam com isso influenciar a orientação da igreja reformada na Holanda que esposava fortemente a doutrina da predestinação.

Armínio (1560-1600) contestava a predestinação e a vontade soberana de Deus da forma como se ensinava nos púlpitos e seminários de seus dias; cria no livre arbítrio e na responsabilidade humana de escolher entre obedecer ou não ao chamado de Deus e responder positivamente ao apelo de sua própria consciência. Suas idéias chocavam-se frontalmente com os postulados calvinistas, o que custaria mais tarde aos seus discípulos perseguição e exílio. Hoje, não mais classificada como herege, a teologia arminiana encontrou o seu lugar de expressão em muitíssimas igrejas, mas o debate permanece longe de um possível acordo. Segue os Cinco Pontos Arminianos e Calvinistas:

 Ponto 1. Vontade Livre – O arminianismo afirma que o homem é “livre” para escolher. Esse “livre arbítrio” o coloca como responsável pela sua salvação, ou seja, aquele que está na condição de responder ou a Palavra de Deus, ou a palavra de Satanás. A salvação, portanto, é operação conjunta. Não é um ato unilateral da parte de Deus. O homem tem o papel da escolha.

Ponto 1. Depravação Total – O calvinismo por sua vez sustenta que o homem não regenerado encontra-se completamente incapaz de tomar qualquer decisão uma vez que é escravo de Satanás, e, por isso, é totalmente inapto para exercer sua vontade livremente; O estado de depravação total deixa, portanto, inteiramente dependente da obra de Deus, que deve vivificá-lo de modo que ele possa por fim crer na obra de Jesus na cruz.

Ponto 2. Eleição Condicional – O arminianismo diz que a “eleição é condicional, ou seja, acredita-se que Deus elegeu àqueles a quem “pré-conheceu”, sabendo que aceitariam a salvação, de modo que o pré-conhecimento [de Deus] estava baseado na condição estabelecida pelo homem.

Ponto 2. Eleição Incondicional – O calvinismo sustenta que  a eleição  é um ato que resulta da vontade e soberana e isolada de Deus, segundo seus próprios planos; dessa maneira o homem, espiritualmente morto, nada tem a fazer senão submeter-se àquilo que Deus em seu pré-conhecimento já determinou.

Ponto 3. Expiação Universal – O arminianismo afirma que Cristo morreu para salvar a tantos quantos exercerem sua livre vontade e responderem positivamente ao apelo à salvação feito por Deus através de Seu Filho em sua morte expiatória na cruz. Irão para o inferno apenas aqueles que não querem aceitar a oferta de Deus.

Ponto 3. Expiação Limitada – O calvinismo por sua vez sustenta que Jesus se deu em sacrifício para salvar pessoas determinadas, já eleitas pelo Pai desde a eternidade. Sua morte, portanto, culminou com o êxito completo de sua missão: Todos aqueles pelos quais ele se sacrificou, em seu  número exato, serão salvos. Os outros por sua vez por quem ele não  morreu receberão a “justiça” de Deus, sendo lançados no inferno.

Ponto 4. A Graça pode ser Impedida – O arminianismo afirma que, ainda que seja a vontade de Deus que todos os homens sejam salvos, o homem pode resistir ao Espírito Santo,  e por consequencia rejeitar a graça divina. Deus, por sua vez “permite” que o homem obstrua Sua vontade. A graça divina se propõe, não se impõe.

Ponto 4. Graça Irresistível – O calvinismo ensina que a graça de Deus é irresistível, ou seja, uma vez que o espírito humano é regenerado este homem será inevitavelmente conduzido a Deus; aqueles que foram predestinados para a salvação serão alcançados de qualquer modo uma vez que assim que forem alcançados pela graça não poderão fazer qualquer coisa senão se render.

Ponto 5. O Homem pode Cair da Graça – O arminianismo argumenta que o homem, da mesma forma que é salvo por um ato de sua própria escolha e vontade, aceitando a Cristo, pode também perder-se depois de ter sido salvo, se resolver recuar, apostatando-se. Na verdade o próprio conceito da apostasia contempla a idéia de que o que se fez apóstata, participou em algum momento prévio a comunhão dos santos! A possibilidade de perder-se, é denominada de “queda (ou perda) da graça”, pelos seguidores de Arminius.

Ponto 5. Perseverança dos Santos – O calvinismo alterca afirmando que a salvação, uma vez que é operada inteiramente por Deus, e uma vez que o homem não precisa fazer nada “para ser salvo” , também não precisa se esforçar para  “permanecer salvo”, porque isto também é Deus. Os eleitos hão de perseverar porque Deus fez a promessa de terminar  a obra que ele mesmo iniciou na vida do crente.

A teologia cristã, como as demais teologias, quer sejam judaicas, muçulmanas, hinduístas ou budistas, conflitam em muitos aspectos. Esses conflitos são inevitáveis. Cristianismo, Judaismo, Islamismo, para citar apenas os três grandes blocos da fé monoteista, partidos em inúmeras denominações, debatem-se em meio a muitas diferenças de interpretação dos seus livros sagrados. Se tão somente respeitarmos aqueles que pensam diferente, sem condená-los às chamas por heresia, já teremos feitos grande progresso. O problema, entretanto, é insolúvel. Sempre haverá aquele que não lê na cartilha da “nossa” ortodoxia. Parodiando frase famosa de Jesus: Os hereges sempre os tereis convosco!

12 comentários sobre “Teologia Conflitante

  1. Pr. Luiz.

    Realmente este é um grande caso, eu sinceramente não consigo conciliar nenhuma das duas. Ou crer unica e exclusivamente em somente uma.
    Sou conscientemente voltado ao “livre arbitrio” mas biblicamente pela “predestinação”. Nem sei se isso é possivel, rsrsrsrs… Mas amém, sei que estou em Cristo e o amo. Por livre arbitrio ou predestinação: SOU DE CRISTO… E GLORIAS A DEUS… Creio que somente aquele “grande dia” para nos ser revelado isto.
    Sei que somos batistas, portanto, calvinistas. Mas qual a SUA posição pastor? Seria bom uma esclarecida sobre o assunto.

    Paz

  2. Eh Renan, nossos debates estão fazendo efeito rsrsrsrs

  3. Renan os batistas são majoritariamente arminianos… sendo assim…

  4. É Eduardo… Teremos que discutir muito mais agora… Ganhei um aliado de peso.

  5. Eu sou “Renaniano”, esta é minha confissão de fé:

    “SOU DE CRISTO”

    “Sou Salvo”, pela GRAÇA ainda!!!

    Gloria Deus

    Te Amo Jesus

  6. Sem dúvidas seria muito interessante, muuito mesmo, ver este tema ser tratado no CCL. Adoraria aprender mais sobre, né profs! rs

    Paz do Senhor

  7. Eu concordo plenamente com a Ana, esse é um tema legal para ser tratado no CCL.
    _________________________________________________________

    Renan diz: “Sou conscientemente voltado ao “livre arbitrio” mas biblicamente pela “predestinação”.” Renan esquece sua consciencia cara, nós cristãos só cremos na Bíblia. kkkkkk

    Abraços pessoal!!!

    A Paz de Cristo.

  8. DEUS AMOU O MUNDO INTERO QUE DEU SEU FILHO UNIGÊNITO PARA TODO AQUELE QUE NELE CRÊ NÃO PEREÇA MAS TENHA A VIDA ETERNA JOÃO 3:16 VINDE A MIM TODOS QUE ESTAIS CANSADOS …….. EU NÃO ERA ESPECIAL… SÓ SOU SALVO PORQUE ME AMOU E PREGOU A PALAVRA E OROU MUITO POR MINHA VIDA .

  9. Então Pastor Luiz Eu creio totalmente na Predestinação, mas vou te dar a chance de ter o Livre Arbítrio. O senhor pode entrar no meu Blog alissonvcc.blogspot.com vê lá se eu tô no caminha certo

  10. Nossa eu não sei cocosô kkkk mais sei que estou no caminho e isso pra mim ja basta. Aprendi a não questionar a biblia apenas a crer nela e segui-la. Não importa se é por predestinação ou livre arbitrio, o importante é saber que eu tenho o privilegio de ser FILHA e estar na casa do Pai…

    Beijos a todos

  11. é isso mesmo Fabi!!! ser filha apenas é suficiente!

  12. Eu digo e afirmo: JESUS É LINDO E REI GRANDÃO! AMO PASSEAR NO JARDIM COM ELE. O Luiz trouxe algo importante e conseguiu sair ileso. Non herege… rsrs.
    De vez em quando passeio com Jesus por aqui e tiro um dedo de prosa com Jesus Lindão.

    Isso é heresia?

    Né nãããão…é intimidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s