Ouro de Tolo

Ouro de Tolo

Por Luiz Leite

 

A diferença entre o homem espiritual e o homem puramente religioso é gritante. A incoerência religiosa e a espiritualidade com nexo poderiam ser comparadas com o ouro e a pirita. A pirita, conhecida popularmente como ouro de tolo, é um mineral amarelo com um brilho metálico que lembra o ouro por causa do seu aspecto até certo ponto atraente, mas se analisado de perto é comparativamente sem valor. É como a religiosidade vazia daqueles que não zelam pela coerência entre discurso e práxis.

A pirita, nosso representante dialético do homem carnal, é uma substância que não se presta a uma coisa chamada quebrantamento. Não se pode trabalhar a pirita, moldando-a. De igual forma não há jeito para o homem carnal. Ele simplesmente não se deixa tratar, não se deixa instruir, não se deixa moldar. O Livro de Provérbios registra:  “Aquele que, sendo muitas vezes repreendido, endurece a cerviz, será quebrantado de repente sem que haja cura.” (Prov. 29:1)

 O ouro por sua vez, é um metal nobre. É metal, não pedra. No seu estado puro é um dos mais maleáveis e flexíveis de todos os metais. Uma das características mais interessantes do ouro é que ele não é afetado pelo ar, calor, umidade, nem pela maioria dos solventes.  Apreciado desde os tempos mais remotos, o ouro sempre teve grande valor, não só por sua beleza e resistência à corrosão, mas também por ser mais fácil de ser trabalhado do que outros metais.

Não poderia haver exemplo mais excelente como representante dialético da espiritualidade com nexo; O ouro, como o homem que se encontrou com Deus, será destacado dentre os outros. O homem cuja vida espiritual é pautada pela coerência, como o ouro, não se deixa afetar pelas vicissitudes da vida. O calor, o frio, a umidade ou até mesmo a ação corrosiva dos solventes das tribulações e pressões da vida não alteram seu estado. Resistente à corrosão, de grande beleza interior e de notável maleabilidade, sem jamais perder a nobreza, o homem cuja vida foi tocada por Deus, diferentemente dos outros, andará de uma maneira toda especial nos anos de sua peregrinação.

A inteligência do Evangelho nos desafia a viver uma espiritualidade com nexo; incita-nos a caminhar por um caminho novo, onde a religiosidade mórbida dos homens não penetra. O caminho da coerência tem o poder de transformar Jacó em Israel, Simão em Pedro, Saulo em Paulo, elementos tão diferentes como a pirita e o ouro. Todos eles foram transformados em homens extraordinários. Deus faz isto. A fórmula mágica que os alquimistas de todas as eras perseguem, de transformar materiais ordinários em ouro, só Ele tem.

Com qual desses dois elementos você mais se identifica? Com a pirita de aparência bonita, mas de caráter intratável, duro, de natureza inflexível? (Este é o nosso representante da espiritualidade sem nexo). Ou com o ouro de grande beleza e de notável maleabilidade, nobre e estável. Você é ouro ou pirita? Se você não sabe ainda quem é, se não descobriu de forma dramática e definitiva a verdade a respeito da sua real condição, então precisa tomar o caminho de volta. É no caminho da volta, quando decidimos voltar atrás, nos humilhar, resolver pendências, pedir perdão; é nesse caminho e só nele que encontramos a resposta para esta questão. Vamos acertar nossas contas?

Extraído do livro A INTELIGÊNCIA DO EVANGELHO de Luiz Leite


10 comentários sobre “Ouro de Tolo

  1. Amado irmão, estamos vivendo a época de “após os tolos”. E você é um desses. Dá licença para eu colocar seu link na minha postagem de trombeta.E vamu junto que seu ouro me ajuda muito.
    bjo,
    isca dEle.

  2. Pode usar os textos Rosangela… espalhemos a boa semente. Graça e paz.

  3. Olá Pr Luis,
    Pra variar, muito edificante seu texto!
    Muito obrigada mais uma vez.
    Ainda não estou aquele ouro, mas vou
    passando pelo fogo, dando glórias a Deus,
    certa de que chegarei lá, completando a
    carreira que o Senhor tem me proposto, com
    a ajuda do Consolador…rss

    Graça e paz!

  4. Cê é ouro sim ovelha… pirita é que não é… estou certo. graça e paz

  5. É acho que sou ouro, pois acabei de tomar uma marretada após ser aquecido à uma temperatura que permite a maleabilidade.

    Ai Jesus, vem, pode me lapidar!

    Pastor Luis, de uma coisa estou certo, você está servindo marreta nas mão de Deus para lapidar muitos de nós.
    rsrsrs

    Continue assim!

    Abraços

  6. Agradeço incessantemente a Deus por ele estar me transformando! Realmente, só Ele tem o poder de nos moldar a ponto de que um homem ou uma mulher “não se deixe afetar pelas vicissitudes da vida. O calor, o frio, a umidade ou até mesmo a ação corrosiva dos solventes das tribulações e pressões da vida não alteram seu estado.”
    Firme na fé, na missão! Glória a Deus!!

    Obrigada Pai amado..
    Obrigada Pastor abençoado!

  7. Gloria a Deus por sua vida ana!!! prossegue assim…

  8. Fui muito abençoado pelo texto Pr.Luiz.

    Um grande abraço,

    Paulinho.

  9. que bom Paulo… esse é o propósito dos meus rabiscos.
    abração

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s