Abre aspas…

aspas1

A dialética da ética (Lição I)

Pergunta ao deputado federal Paulo Maluf: “O senhor já roubou alguma coisa?”

Resposta: “Não necessariamente.”

***

A dialética da ética (Lição II)

No auge da campanha [política], a tentação do poder é demasiadamente forte para a fragilidade humana. O fato é que a classe política, com exceções, segue a máxima epicurista, [segundo a qual] quando a tentação chegar, ceda logo antes que ela vá embora.
(Carlos Ayres de Britto, ministro do Tribunal Superior Eleitoral.)

***

Hedonismo radical I

Em termos morais, os norte-americanos substituíram o cristianismo por uma nova religião de sucesso. Essa religião não tem vida após a morte nem consideração pelas gerações futuras, pois, sem credo, consiste em consumir o máximo possível aqui e agora.  (Kenneth Serbin, professor de história na Universidade de San Diego, nos Estados Unidos, e autor de “Padres, Celibato e Conflito Social”)

***

Hedonismo radical II

Nunca se viu em toda a história da humanidade um culto ao ego tão exacerbado como nos dias atuais. (Robert Swarav, psicólogo)

***

Das über mensch

O indivíduo do século 21 tem declarado sua independência de modo a ser alguém além do bem e do mal, em que a autonegação, a solidariedade e o partilhar têm sido suplantados pela exaltação de si mesmo, bem ao sabor nietzschiano. (Lourenço Stelio Rega, diretor da Faculdade Teológica Batista de São Paulo)

***

Noção torta

A noção de velhice associada à ideia de decadência e feiura dificulta a cada um o seu próprio envelhecimento. (Jacob Pinheiro Goldberg, psicanalista)

***

Poeta da pesada

Punição não é crueldade nem vingança, mas o recurso que resta para deter quem não aceita submeter-se às normas do convívio social. (Ferreira Gullar, poeta)

***

Este é um país que vai pra frente…

Não é exagero dizer que o Brasil está à beira do status de superpotência+
(“Financial Times”, jornal inglês)

***

Sem medo do medo

Entre os 30 e 40 anos de idade, minha atitude em relação à morte ficou calma e equilibrada. Sinto que ela é um marco de nossa existência, mas de modo nenhum o último.
(Alexander Soljenitsin, escritor e dissidente russo, Nobel de Literatura em 1970)

***

Valha-nos Deus!

Observando a realidade do cristianismo no Brasil, posso chegar também a uma honesta e sincera conclusão: estou horrorizado com grande parte desse mundo evangélico.
(Maurício Price, médico e pastor)

***

Valha-nos Deus! II

“Comigo ninguém pode – A maior corrente do Brasil” (campanha numa igreja da Grande São Paulo).

***

Valha-nos Deus! III

“Peguei a igreja com US$ 25 mil e deixei com quase US$ 40 mil de doações mensais. Aprendi a extorquir o povo, tenho até vergonha de falar” (depoimento de um ex-pastor da Universal em reportagem na revista Época).

***

Civilização suspeita

O ser humano é controlado por uma civilização e pelas leis. Ele não mata, não porque não tenha vontade, mas porque sabe que será castigado. Somos todos potencialmente assassinos.
(Caterina Koltai, psicanalista e socióloga, professora na PUC–SP)

***

Maranata

“Talvez, quando Jesus voltar, ele me faça entender o que aconteceu” (Farah Jorge Farah, médico que matou e esquartejou a ex-amante. A Justiça lhe concedeu o direito de recorrer da condenação em liberdade).

***

Isca da natureza

O sexo tem um propósito e uma intenção procriadora. O prazer sexual é uma isca da natureza que leva ao ato procriador. O prazer, o companheirismo duradouro e todo o bem-estar dele decorrentes são altamente significativos, todavia não o esgotam, nem justificam o hedonismo excessivo de ontem, de hoje e de sempre. (Guilhermino Cunha, pastor da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro)

***

Poodle de divã

Dê à sua filha uma chance de casar com um rapaz decente (e não estou falando dessas malditas classes sociais) em vez de casar com um “pit bull” de boate ou “poodle” de divã.
(Fausto Wolf, colunista do “Jornal do Brasil”)

***

Santa salada

Antigamente você se dizia católico. Hoje você é batizado na Igreja Católica, joga flores a Iemanjá, tem a casa decorada pelos princípios do Feng Shui e segue o budismo.
(Luli Radfahrer, professor na USP)

***

Teologia em casa

“A própria Bíblia diz que Deus escreve certo por linhas tortas” (diálogo na novela Alma Gêmea).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s