O Projeto Babel

babel

O Projeto Babel

Extraído do livro A INTELIGENCIA DO EVANGELHO de Luiz Leite


O nome de Nimrode está íntima e inseparavelmente vinculado à imagem da torre de Babel e ao seu forte conteúdo simbólico. Segundo a Jewish Encyclopedia (Enciclopédia Judaica) o nome Nimrode significa “aquele que faz todo o povo se rebelar”,  ou, simplesmente, “vamos rebelar”. Teria sido o primeiro caçador que, por conseqüência, introduziu o consumo de carne após o dilúvio, e também o primeiro rei da era pós-diluviana.

O propósito em Babel é de contrariar a ordem que Deus havia dado a Adão e agora a Noé, de que se multiplicassem e enchessem a Terra. Para tanto precisariam espalhar-se, uma vez que havia espaço amplo para todos. Pois Nimrode propõe o contrário. Ao invés de se espalharem, eles deviam concentrar-se formando assim um só sistema, um só governo. Nasce em Nimrode o projeto de um governo mundial único. A globalização como hoje a conhecemos tem suas origens no projeto Babel, projeto esse que Deus embargou, mas o homem jamais abortou…

A plataforma política de Nimrode sinalizava uma mensagem clara:

“Não pereceremos como pereceram nossos antepassados nas águas do dilúvio; Construiremos uma torre alta, mas tão alta, que ainda que caia toda a água do mundo, não seremos atingidos.”

Nimrode, mesmo após o embargo de sua obra em Babel, prosseguiu poderoso e veio a se tornar um dos primeiros humanos a serem divinizados.

A ignorância profunda dos seus contemporâneos permitiu surgir e florescer, segundo a lenda, o embuste engendrado por sua mãe, Semirâmis, que após persuadir seus súditos de que o filho era um deus, aproveitou a onda e se fez deusa; ela que era a rainha-mãe, agora se torna também deusa-mãe, a primeira deusa-mãe da história. Após ela muitas outras viriam a surgir… Essa história te é possivelmente bem familiar.

Na verdade Deus não tem nada contra o homem construir torres. As motivações do coração é que, se tortas, determinarão a intervenção divina; As planificações que partem, desde os primeiros rabiscos de projeto, de conceitos doentes é que moverão a mão de Deus contra esses sonhos tresloucados.

Vemos nestes nossos dias o Projeto Babel sendo reativado. Autoridades políticas e até mesmo religiosas clamam por um governo mundial único. Há poucos dias noticiários do mundo todo veicularam as palavras do Papa Bento XVI que dizia que o mundo precisa de um líder único. À beira da falência, o homem busca amparo no próprio homem e despreza o socorro de Deus. A obra está a todo vapor. Deus observa em silêncio.

A torre de Babel representa a arrogância e auto-suficiência humana que insiste em tocar seu projeto solo sem a direção de Deus. Para a frustração de muitos, ainda hoje Deus continua interessado nos negócios da Terra, e vez por outra diz: “Desçamos e confundamos os homens.” Será que o nosso projeto pessoal de poder não é uma réplica daquela malfadada torre?  Que não seja, porque se for a obra sem dúvida será embargada!

Anúncios

9 comentários sobre “O Projeto Babel

  1. Ola Luiz Leite!
    Estava lendo o livro Pentateuco – (Paul Hoff)Editora Vida.Fala sobre o “rol das nações”, e achei interessante seu texto resolvi dar meu pitaco aqui. Realmente eles buscavam unidade e você fez a pergunta “Será que o nosso projeto pessoal de poder não é uma réplica daquela malfadada torre?” Boa pergunta Luiz…fale a pena refletir! Um forte abraço, copiei seu link e postei no meu blog, apareça lá tomar um café será uma honra.
    http://robsonsilos.wordpress.com/

  2. valeu mano… apareço sim!

  3. Pr Luiz, muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom seu texto (como sempre ne?) e sua chamada para introspeccao. Nossos projetos pessoais DEVEM estar sempre alinhados com Seus planos, e isso e um tremendo desafio para nos, ja que os valores de nossa sociedade estao completamente invertidos. Temos que RENOVAR nossa mente! Boa chamada! I’m in! =-D

  4. obrigado susy. é necessário sondar os projetos do nosso coração… muitos deles estão em franca oposição com os de Deus, ainda que travestidos de muuuuuuuuuita piedade! Senhor, tende PIEDADE de nós!

  5. Asi es! Como dicen nuestros hermanitos!
    Esses dias estavamos discutindo aqui sobre I Cor 13, e de fato Paulo cita que e possivel ate dar os bens aos pobres, queimar seu proprio corpo, falar em outras linguas, mas… se nao tiver AMOR (o proprio Deus) de nada vale! E vazio… Tremendo desafio temos na nossa caminhada! Que Seu Santo Espirito nos sonde a cada dia e nos constranja a voltar aonde caimos. Realmente necessitamos Sua piedade e favor!!!!!!!!!!

  6. Valeu mesmo! Que o Senhor Jesus encha você dEle mesmo.

  7. AMEM MANA! GRAÇA E PAZ!

  8. Tende piedade de nós… é verdade… graça e paz.

  9. Pingback: O que dizem os leitores… « um dedo de prosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s