Absurdo, abcego, abmudo II (Em números)

3-monkeys

Alguns desvarios que revelam bem a loucura da espécie podem ser encontrados nos números absolutamente absurdos que seguem. Olhamos para os números e exclamamos: “Meu Deus”! Deus por sua vez olha para nós e pergunta: “E o que eu tenho a ver com isso??” A ultimato vem já há muito tempo fazendo essa denúncia, e resolvi colher alguma coisa pra o espanto dos meus leitores.

Luiz Leite

************

Não Matarás I

1.000.000
de abortos proibidos são realizados a cada ano no Brasil, provocando 241.000 internações em conseqüência de problemas pós-aborto

**********

Não Matarás II

32.000
japoneses praticaram o suicídio em 2004 (é o maior índice entre os países desenvolvidos)

**********

Sacrifícios a Moloque

2.000.000
de meninas entre 5 e 15 anos entram no comércio sexual a cada ano

***********


Homens e livros

43.000.000
de crianças estão sem estudos em todo o mundo por causa de guerras em seu país

***********

Troque seu cachorro por uma criança pobre

3.300.000.000
de dólares é quanto o Brasil movimentou este ano com o “pet business” (todos os gastos com animais de estimação, incluindo alimentação requintada, cuidados médicos, embelezamento, diversão, roupas, jóias etc)

********

Horrores do Islã

8.000
meninas engrossam a cada dia as fileiras das mulheres que passaram por aquilo que se chama educadamente de “circuncisão feminina”, principalmente na África e Ásia.

********

África selvagem


2.867
mulheres foram estupradas em 2005 no Quênia, país de 32 milhões de habitantes (uma violência sexual a cada 30 segundos)

********

Europa desenvolvida

18.000.000.000
de euros anuais é quanto geram um milhão de relações sexuais pagas a cada dia na Espanha

********

Viver perigosamente

33.000
brasileiros morrem por ano devido à Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), provocada pelo tabagismo (são 90 mortes por dia)

********

Crise existencial

6.256
veteranos de guerra americanos cometeram suicídio em 2005 (uma média de 17 pessoas por dia)

*********

O exterior do copo

400
litros de água é o consumo diário de uma pessoa em bairros nobres da capital de São Paulo. A média no Brasil é de 150 litros, e a ONU diz que os seres humanos não precisam de mais de 100 litros por dia.


Anúncios

Um comentário sobre “Absurdo, abcego, abmudo II (Em números)

  1. Pingback: Deixe que falem… « um dedo de prosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s