O Poder do Foco

O Poder do Foco

Por Luiz C Leite

Carreguei por muitos anos uma frustração que mais parecia uma maldição lançada pelo Ultraje a Rigor no início dos anos Oitenta que dizia: “A gente faz música e não consegue gravar…inútil…a gente somos inútil!” (Se voce tem mais de 30 possivelmente se lembra do refrão) Eu que compunha música popular na época, que ganhei festival, que cantei pra “bicho grilo”, que sonhava gravar um LP, acabei vendo o sonho desvanecer… Compus muitas músicas, mais de uma centena, não consegui gravar nenhuma e acabei me esquecendo de quase todas.

Escrevia poesia, linhas graves e versos brancos graciosos que, se assinados por um Quintana, Patativa do Assaré ou Cora Coralina, seriam sem dúvida celebrados e recitados por esse Brasil afora. Sonhava ser poeta, e mais, viver de poesia! Delírio completo… A pretensão de viver de versos com ou sem métrica originava-se da idéia que fazia de que “Drumonds” surgiam como capim que por todo canto se encontra!

Dos poemas e crônicas que também produzi, decidi por imposição da necessidade de sublimar, começar a escrever meu primeiro livro. Tomei gosto e não mais parei. Já no sétimo livro e com mais três ou quatro em andamento, acordei, como de um pesadelo, assombrado pelo Ultraje a Rigor fazendo caretas e, com suas guitarras estridentes cantando: “A gente escreve livro e não consegue publicar…inútil…” Quase tive um troço. Calei a boca do Ultraje a Rigor quando disse pra mim mesmo: “Pois vou publicar meus livros sim!”

Fechei o foco sobre a paixão que me move, sobre aquilo que gosto de fazer, cri na minha potencialidade, organizei minhas forças e perseverei… Resultado? Está publicado o primeiro livro. O Poder do Foco não é apenas um bom livro para se ler, é uma leitura fundamental para aquele que necessita rearranjar seus potenciais e reinventar sua história. Voce sem dúvida vai gostar! Boa leitura!

Ps.: Se voce quiser receber um exemplar envie um email para ictus_33@hotmail.com para maiores informações.

Para ver video acesse: http://www.youtube.com/watch?v=Aazw5VBHdZc

About these ads

21 comentários sobre “O Poder do Foco

  1. Gloria a Deus pastor, e este em nome de Jesus será somente o começo de muitos outros que estão por vir. Apartir de agora creio que o Senhor escreveu uma nova História para sua vida, como diz na palavra ” porque para Deus não haverá impossiveis” e “tudo posso naquele que me fortalece”.
    Que o senhor possa romper todos os obstáculos, pois Deus tem algo grande a fazer através dos teus livros…
    Jesus te abençõe ricamente.

  2. cara jussara obrigado pelo seu apoio e carinho! abraçao!

  3. Pastor Luiz;
    Primeiramente quero parabeniza-lo pelo maravilhoso trabalho,esse livro está me ajudando muito. Atravez dele começei a ver as coisas de uma maneira diferente.
    Que Deus abençoi sua vida grandiosamente, e que venha mais publicações abençoadas como essa.
    Fica com Deus.

  4. Que bom Kelly! fico feliz em saber que voce está gostando. Abração

  5. Sou suspeito para falar de vc, pois além de cunhado tenho em vc um espelho de força, verdade, potencial, e muita sabedoria; e é poriso que vc vai vencer, ou melhor está vencendo, o livro é fantástico um verdadeiro show para a vida, de sucesso. e sucesso é que desejo a vc, corra porque agora a porta se abriu, e aporta que Ele abre ninguem fecha.
    Deus te abençoe.
    Donizeti.

  6. valeuuuuuuuuuuu mano!!!!!!!!

  7. Acabo de terminar a leitura do 1º capítulo e logo me sentei no computador para escrever algo sobre ele. Quando elaborava minha dissertação de mestrado, eu penetrei a fundo na relação homem x Deus (ou deuses) e descobri o poder da “teologia da retribuição”: a idéia de tal relação se baseia em recompensas e castigos. Concluí que o homem criou deuses como uma forma de determinar regras a serem cumpridas pelos mesmos. Tal teologia apresenta três faces: o deus que manipula o homem, o homem que manipula deus e o deus que se descarta. Faces das três continuam presentes hoje. A teologia da prosperidade (que é atual, pós-moderna e pragmática), por exemplo, é uma forma de se oferecer algo a Deus (como os antigs ofereciam os filhos) e receber algo em troca. Ou seja, quando o homem moderno (ou pós-moderno) toma em suas mãos o seu destino, não deixa de lado uma relação de troca com a divindade, mas esta está presente em seus atos. Acho que o homem não deve “deixar a vida o levar”, mas precisa manter o foco em seus objetivos sem descartar uma dependência total de Deus em suas vidas, a fim de que não deixe o “deus manipulável” ou o “deus manipulador” pelo “deus descartável”.

  8. Terminei o segundo capítulo (não! Eu não vou escrever um comentário capítulo por capítulo). Continuo a afirmar que eu creio no homem que constrói seu futuro. Só não dá para crer em Sartre. Na história de Jó o diabo propõe (como Salústio) um deus que escolhe seus protegidos e os compra com proteção e bênçãos. Já a esposa de Jó propõe (como Sartre) a desistência ou descarte de um deus que já não serve mais. Não é simplesmente afirmar a não existência de Deus e sim a desistência de um Deus que não se encaixa naquilo que o homem propõe. São duas faces da mesma moeda retributiva.
    Abomino toda forma de determinismo, predestinação etc… Acho que o homem colhe o que semeia. Contudo, ele não semeia só com suas ações e, sim, com o que acredita. Concordo que o existencialismo busca inspiração no Cristianismo. Por isso, o existencialismo kierkegardiano é muito mais sólido que o sartreano, que reafirma o poder de um homem em que nem mesmo Sartre confia. Por isso, todo o seu pessimismo.

  9. Uauuu! Caro Elton, é tempo de pensar em colocar todo esse conteudo no papel…Dê-nos livros!

  10. Prezado pastor Luiz,quero parabenizá-lo pelo belo e prático livro.Tenho sido edificada por ele e aplicado em meus aconselhamentos.Nós precisamos de pessoas como o senhor.Deus o abençõe cada dia mais,dando-lhe novas idéias.
    Graça e paz.

  11. que bom anirsis! fico feliz que o livro esteja sendo edificante! graça e paz

  12. Ei!Pastor Luiz.
    Sinto- me previlegiada pois,ao ler o livro vejo o quanto senhor é zeloso,vejo todos os seus ensinamentos como um instrumento de benção para nossas vidas.Que Senhor agracie sua vida com todo sucesso, Jesus te abençõe.

  13. obrigado nubea! é bom saber que minha vida tem alimentado e inspirado outras…

  14. Amado Pastor,

    Fico encantada cada vez que entro no seu blog, seus textos são: atuais, inteligentes, informativos e muito bem escritos. Parabéns.

  15. Obrigado Mary!
    Comentarios como esse me inspiram a continuar escrevendo…

  16. Pingback: Deixe que falem… « um dedo de prosa

  17. Prezado Pastor Luiz, Entrei no seu blog esta semana pela primeira vez,fiquei encantada com seus textos.Achei muito edificante.Agora quero ler sempre.Ameiii.Deus o abençoe com toda sorte de bençao. Graça e Paz.

  18. Ola Cristina, que bom que sua leitura foi proveitosa! Isso me motiva a continuar. Abraços.

  19. Pingback: O que andam dizendo do Dedo de Prosa « um dedo de prosa

  20. Hey! I am looking forward to reading it!!!! Each day I get excited about that!!!!!!
    Congrats!!!!!!! You deserve it! The first of MANY that will come. =-D

  21. Pingback: Cinco Artigos Escolhidos « um dedo de prosa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s